Síndrome do filho do meio

by - abril 11, 2015




Não conhecia tal síndrome, confesso que dei altas risadas quando uma amiga falou que Aninha ira sofrer tal “síndrome”. Poxa logo Aninha que está tão empolgada com a chegada do novo bebe! Aninha já escolheu nome (tanto para menino como também se for menina).

Resolvi pesquisar, descobri que Alfred Adler, um colega de Sigmund Freud, acreditava que a ordem de nascimento afetava a personalidade da criança. Segundo a sua teoria, a forma de agir dos pais é diferente com o filho mais velho, o do meio e o mais novo, o que afeta as suas personalidades e seus comportamentos. Esse fato pode afetar a criança até a idade adulta. Portanto, a Síndrome do filho do meio ocorre quando as crianças se sentem pouco importantes em relação aos irmãos por não receberem atenção suficiente dos pais. Como consequência, agem para chamar a atenção e são propensos a ter baixa autoestima, podendo desenvolver crises de identidade.

Não é muito comum que pais façam diferença entre os filhos, la em casa eramos cinco irmão e nunca notamos que uma era mais preferido que o outro. Mas pode acontecer, as vezes nem precisa ser uma família de três filhos, uma vez que a preferência por “um” pode acontecer em uma família com apenas dois. Os pais devem cuidar para não falar de um filho para outro e muito menos comparar os filhos em suas capacidades, qualidades e inteligência, pois isso desenvolve um sentimento de inferioridade.

Procure dar atenção a todos os filhos sem diferenciação para que nenhum sinta que mais ou menos amado que outro. Outro fator importante deve ser observado onde o filho do meio tenta imitar o mais velho a fim de ser superior ao caçula. Lembre-se: a criança sinaliza quando se sente esquecida, deixada de lado ou mesmo rejeitada pelos pais.

You May Also Like

0 comentários.