15 de Agosto - DIA DA GESTANTE


Essa data é comemorada desde 2001, desde que, o governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin assinou a lei 10822/01, que instituiu o dia 15 de agosto o Dia da Gestante. Não é uma data oficial para o Brasil, apenas no Estado de São Paulo, mas nós mamães do Brasil comemoramos juntas.

Tenho saudades dessa fase na minha vida, curtir bastante as minhas duas gestações. Da ansiedade da espera a cada chute do bebe na barriga, tudo é lembrando com muito carinho. A gestação é uma das fases mais lindas na vida da mulher, e ao longo dessas 40 semanas a emoção envolve toda a família!

E basta dizer que estamos grávidas para surgir alguém com uma sugestão a respeito de como saber o sexo do bebê, sem falar dos diversos conselhos ou explicações bizarras para as coisas que sentimos durante a gravidez. Selecionei alguns mitos e verdades sobre a gravidez para vocês que estão grávidas tirarem suas duvidas e relaxarem quando ouvir alguém falando sobre isso.

Azia significa que o bebê é cabeludo?
Mito. A azia não tem nada a ver com o bebê ser cabeludo ou não. Os hormônios da gravidez irritam o estômago, por isso a grávida sente uma queimação. E, no final da gestação, a azia é causada porque o estômago fica comprimido pelo bebê, que cresceu. O que vai definir se seu filho vai ser ou não cabeludo não é a azia e, sim, a genética. A azia aparece porque o útero pressiona o estômago, causando um refluxo do ácido do estômago.

Depois de uma cesárea não se pode mais fazer parto normal?
Mito. O ideal é que haja o intervalo de dois anos entre a cesariana e o parto normal, mas, passado esse período, não há problema. Quando a mulher passa por um parto cesariano, o útero é cortado e depois costurado. Esse intervalo de dois anos é importante porque, durante as contrações, o útero pode se romper e causar hemorragia interna.
03 - É arriscado fazer sexo durante a gravidez?
Depende. Se a gestante apresentar sangramento vaginal ou placenta de inserção baixa (quando a placenta fica na parte inferior do útero, cobrindo o colo do útero), ela está proibida de fazer sexo durante a gravidez. Nesses casos, a prática pode estimular mais sangramento e contração do útero, provocando parto prematuro. Caso contrário, o sexo está liberado, ainda mais que a libido aumenta durante a gestação devido à explosão hormonal.

A mudança da lua influencia o parto?
Verdade. Durante a lua cheia e a lua nova, existe uma força maior para o centro da Terra, o que aumenta a pressão pélvica e, consequentemente, as contrações.

O formato da barriga indica o sexo do bebê: barriga pontuda é menino e barriga larga é menina?
Mito. Não existe nenhuma influência do sexo do bebê no formato da barriga. A barriga da mãe cresce conforme anatomia e genética da gestante, sem nenhuma influência do sexo do feto. Segundo especialistas as únicas maneiras de descobrir o sexo antes de a criança nascer são o exame de sexagem fetal, que pode ser feito com oito semanas, ou o ultrassom, com 18 semanas.

Grávidas sentem mais calor?
Verdade. Devido à aceleração do metabolismo por conta da gestação, as grávidas tendem a suar mais e a sentir mais calor.

Se os desejos alimentares da grávida não forem realizados, a criança pode nascer com algum sinal?
Mito. As vontades repentinas realmente existem e, segundo estudos ainda em andamento, podem ser reflexos das carências nutritivas do bebê, transmitidos via placenta até o cérebro da mãe. O reflexo então seria processado na forma de algum alimento. “Se o bebê necessita de carboidrato, a mensagem será levada ao cérebro da mãe, que irá decodificar esse sinal em formato de imagem, provavelmente de algum alimento com carboidrato, podendo ser uma torta de morango ou uma coxinha”

Se a grávida cruza as pernas, pode criar voltas no cordão umbilical e enforcar o bebê?
Mito. Durante todo o período da gestação o bebê se enrola no cordão umbilical. Os movimentos da mãe não interferem nesse deslocamento e muito menos colocam o feto em risco. São raros os casos dos bebês que se enforcam com o cordão umbilical, e isso acontece apenas se o cordão for menor que o normal.

Grávidas podem ficar com a pele manchada por causa do sol?
Verdade. Toda grávida tem mais tendência a ter manchas na pele por causa do aumento da liberação de melanina na pele. O ideal é que a grávida utilize protetor solar no rosto e, principalmente, na barriga, onde há maior concentração dessa proteína.

Ficar em jejum para diminuir o enjoo?
Mito. Pelo contrário, a mulher deve comer mais vezes e em menos quantidade se quiser diminuir a sensação de enjoo.


Fonte: Site do Dr. Dráuzio Varela
Postagem mais recente Postagem mais antiga