EVA

25 outubro 2012

Angelica deixando a Maternidade, e a mãozinha da pequena  EVA

Demorei um pouquinho, afinal Eva nasceu no dia 25 de setembro, esta completando um mês de vida. 

Luciano Huck comunicou o nascimento no Facebook e Instagram
Lendo as reportagem que falavam da emoção de Angelica em ser mãe agora de uma menina, me fez lembrar a época do nascimento de Aninha. Sempre sonhei ser mãe de uma menina, mas Deus é sábio e agraciou-me com Serginho primeiro. 

Era um sonho bobo, pois filho é um benção, e vindo com saúde melhor ainda. Porem, em uma de suas entrevistas ao sai da Maternidade, Angelica disse: "Agora tenho uma menina para dividir maquiagem e laços, missão cumprida".Podem não acreditarem, mas tive a mesma sensação quando Aninha nasceu, finalmente uma companheira. 

Parece ser bobagem, mas eu vejo em casa o rosto de Sergio quando está brincando de PlayMobil com Serginho ... a alegria, as vezes bobo vem explicando-se "eu brincava muito com esses bonecos quando era criança. Mas não posso falar nada, pois também fico toda boba quando pego Aninha desfilando pela casa com os meus sapatos e as minhas bijuterias. 

Acompanho Angelica desde o Clube da Criança, na extinta Tv Manchete, época do "Vou de táxi". Ela merece essa família. Desejo Felicidades e que Deus continue a abençoa-la.

Angelica, quando criança

4 comentários:

  1. Olá sou Blogueira Unida 2278, vim conhecer seu blog e adorei!!!
    Ja vou aproveitar pra seguir tambem.
    Tambem vim convida-la a participar da brincadeira no meu blog:
    http://amorporamigurumis.blogspot.com.br/2012/10/3-sorteio-em-parceria-com-circulo.html
    Até mais! Beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. Este é um momento mágico. e pensar que minha filha mais velha já tem 15 anos... como o tempo passa e as lembranças ficam.

    ResponderExcluir
  3. Seu cantinho é uma deliciaaaaa...
    Gostei demais daqui..me identifiquei muito e gostaria de convidá-la a conhecer meu blog tbm...

    Um beijo e um sorriso

    http://elielmavasconcelospink.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Li, tenho uma filha, agora já com 17 anos, e foi maravilhoso partilhar conhecimentos com ela, embora ela tenha uma personalidade um pouco diferente. Mas gosto também do meu sobrinho de 6 anos, aprendemos com ambos os sexos. Um abraço!

    ResponderExcluir



Topo