Você lembra... Show Maravilha


Show Maravilha foi um programa de televisão infantil do SBT que fez parte da infância de várias pessoas das décadas de 80 e 90.
O programa era exibido todas as tardes, às 16:30, por Mara Maravilha. Iniciou em 6 de abril de 1987, tendo o formato parecido com o Xou da Xuxa, que na época fazia um sucesso estrondoso exibido pela Globo.
Nos primeiros anos do programa, Mara entrava no cenário em um trenzinho, cujo símbolo era um solzinho sorridente.
Mara chamava atrações musicais, comandava brincadeiras no palco e sorteava brinquedos. Eram apresentados também alguns desenhos como Duck Tales, Ursinhos Carinhosos, Pinóquio, Samurai Pizza Cats e a famosa série Punky Brewster.
O programa também contava com as ajudantes de palco "As Maravilhas" e os personagens Chocrível e Superbanana.
A partir dos anos 90, o programa passou a ser exibido na parte da manhã, contando também com ajuda dos "Marotos". Ficou no ar durante 7 anos e alcançou várias vezes liderança de audiência.
Foi finalizado repentinamente com a decisão de Mara em fevereiro de 1994, quando a apresentadora pediu que seus fãs, prometessem ser amigos para sempre.

Iwi Onodera/Globo.com

Mara Maravilha - 03/06/2008

Ao longo de seus quase 30 anos de carreira, Mara Maravilha já foi musa infantil, símbolo sexual e cantora evangélica. Agora, a morena que rivalizava com as loiras Xuxa e Angélica nos idos anos 80 diz que está em mais um momento de conversão.

Não que ela tenha deixado a religião de lado, uma paixão que surgiu em sua vida há 13 anos, quando começou a cantar músicas gospel. “Agora digo que sou ‘de Deus’. E Deus não é evangélico, católico, muçulmano. Deus é amor”, diz Mara, em entrevista ao EGO.
 Mesmo voltada para o público gospel, Maravilha ainda colhe louros do passado como apresentadora infantil. Seus shows reúnem milhares de pessoas, que querem ouvir não só os sucessos atuais como também os hits do passado, como “Não faz mal (Eu tô carente, mas eu tô legal)” e "Liga pra Mim".

. Veja Mara Maravilha cantando “Não faz mal (Eu tô carente, mas eu tô legal)”



Postagem mais recente Postagem mais antiga