Enfim, nasceu a "Princesa Charlotte de Cambridge"

Resultado de imagem para Enfim, nasceu a "Princesa Charlotte de Cambridge"



A duquesa de Cambridge, Catherine Midleton, deu à luz no sábado (2) ao segundo filho. E o mais novo bebê real é uma menina, anunciou o Palácio de Kensington. A menina que recebeu o nome de Charlotte Elizabeth Diana, nasceu pesando 3,7 quilos e será a quarta na linha de sucessão ao trono britânico, atrás do avô, o príncipe Charles, do pai, o príncipe William e do irmão George.

Kate deu entrada na ala privada do hospital de St. Mary, no centro de Londres, às 6 horas locais, após sentir as primeiras contrações. O bebê nasceu às 8h34 do horário londrino (5h34 em Brasília). Menos de 10 horas depois de dar à luz, Kate Middleton já deixou a maternidade.

Esperava-se que a princesa retornasse ao Palácio de Kensington apenas dois dias após o parto, assim como fez no nascimento de George. No entanto, a recuperação da duquesa de Cambridge tem sido mais rápida que da primeira vez - como o que ocorre normalmente em um segundo parto normal. Em 2013, Kate ficou mais de 10 horas em trabalho de parto e, desta vez, deu entrada no hospital St. Mary, em Londres, apenas duas horas e meia antes da filha vir ao mundo. A duquesa saiu do hospital às 18h11 em Londres (14h11 no horário de Brasília).

Nas redes sociais o assunto mais comentado foi a curta permanência dela na maternidade e a sua disposição e aparência. Penso, como resposta imediata para tais divagações, que o fato do parto ter sido normal, Kate Middleton, dentre outras mulheres, prova que faz bem à mulher.Quando o bebê nasce de parto normal – no Brasil é uma raridade – a mãe se recupera rapidinho. Não tem corte de cesárea, não tem dor pós-parto. Quem faz anestesia de expulsão (que foi o meu caso) precisa esperar o efeito da peridural passar. Mas, uma vez no quarto, é vida normal.

Sou fã da Kate, pois diante de tantas mulheres que se apavoram com a ideia de um parto normal, ela esperou até o último momento. A menina nasceu na 41ª semana, coisa que, por aqui, costuma deixar as gestantes apavoradas. Os bebês podem nascer com até 42 semanas, mas é raríssimo encontrar obstetras e mães que segurem a ansiedade da espera.


Fonte:
Globo.com
Folha.com

Postagem mais recente Postagem mais antiga