UFC Combate será transmitido pela Rede Globo

UFC na Globo
O UFC Combate, que agora será transmitido pela Rede Globo de Televisão,  acontecerá no próximo dia 12 de novembro e terá a disputa do título dos pesados entre o brasileiro Junior Cigano e Cain Velasquez. Galvão Bueno e Vítor Belfort farão a narração e os comentários, respectivamente. O torneio acontece na madrugada deste sábado para domingo, na cidade de Anaheim, nos EUA.  A luta será transmitida ao vivo, a partir de 0h25m (de Brasília). Um dos principais nomes da modalidade, Anderson Silva, vai participar da programação da Globo com explicações sobre as lutas, mas ele não estará no Brasil no dia da disputa em função de compromissos assumidos anteriormente com o UFC (Por GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro). Caríssimo Leitor. Sem crítica alguma à nova opção esportiva para o telespectador, lembramos que a violência mundial, notadamente no Brasil, tem crescido de forma assustadora, ameaçando as estruturas familiares mais sólidas e gerando aflição e horror nos diversos segmentos sociais. Violência urbana, violência no campo, violência na tv, violência na internet, violência em toda parte. Os poucos investimentos na área de Segurança Pública alteraram a dinâmica de vida diária dos indivíduos, ao ponto de, nas cidades brasileiras, não mais se ter a certeza de retorno seguro para o lar após uma jornada de trabalho. Os índices de violência confirmam isso, pois são alarmantes. O reduto doméstico, por exemplo, pressionado, assemelha-se a um presídio de segurança máxima, equipado com câmeras e vídeos, cercas elétricas e cães treinados. Não mais se encaminham filhos às escolas sem receios e temores. Espetáculos esportivos, em praças esportivas,  não são confiáveis. Transportes coletivos, no trânsito, na vias públicas...não há mais segurança, alegria, paz. Os cidadãos não se cumprimentam com um simples bom dia e optam pelos  sites de relacionamento. Tudo é medo, ansiedade, solidão e auto preservação. E não há sensacionalismo, mas a expressão de uma realidade triste. Todavia, para quem suponha exagero, perguntamos: Por que, nas favelas, muitas crianças têm como diversão brincarem de polícia e ladrão, munidas de armas de brinquedo? Por que alguns psicopatas e matadores em série, após serem investigados, são flagrados com jogos e diversões eletrônicas, dentro de suas casas, cujo enredo era a violência? Por que, no Oriente Médio, a extensa fila dos candidatos a “homem bomba” nunca diminui? Será índole ou visões da infância arquivadas na memória? Quem puder responder o faça na própria consciência. No entanto, enquanto as respostas são elaboradas no campo íntimo de cada um, o Espírito Joana de Ângelis, pelo médium Divaldo Franco, oferece-nos importante orientação com vistas à manutenção da Paz doméstica antes os dias tumultuosos da atualidade. Leiamos com atenção e meditemos: “Dedica uma das sete noites da semana ao Culto do Evangelho no Lar, a fim de que Jesus possa pernoitar em tua casa. Prepara a mesa, coloca água pura, abre o Evangelho, distende a mensagem da fé, enlaça a família e ora. Jesus virá em visita. Quando o Lar se converte em santuário, o crime se recolhe ao museu. Quando a família ora, Jesus se demora em casa. Quando os corações se unem nos liames da Fé, o equilíbrio oferta bênçãos de consolo e a saúde derrama vinho de paz para todos. Jesus no Lar é vida para o Lar. Não aguardes que o mundo te leve a certeza do bem invariável. Distende, da tua casa cristã, a luz do Evangelho para o mundo atormentado. Quando uma família ora em casa, reunida nas blandícias do Evangelho, toda a rua recebe o benefício da comunhão com o Alto. Se alguém, num edifício de apartamentos, alça aos Céus a prece de comunhão em família, todo o edifício se beneficia, qual lâmpada ignorada acesa na ventania.  Não te afastes da linha direcional do Evangelho entre os teus familiares. Continua orando fiel, estudando com os teus filhos e com aqueles a quem amas, as diretrizes do Mestre e, quanto possível, debate os problemas que te afligem à luz clara da mensagem da Boa Nova e examina as dificuldades que te perturbam ante a inspiração consoladora do Cristo. Não demandes a rua, nessa noite, senão para inevitáveis deveres que não possa adiar. Demora-te no Lar para que o Divino Hóspede aí também se possa demorar. E quando as luzes se apagarem à hora do repouso, ora mais uma vez, comungando com Ele, como Ele procura fazer, a fim de que, ligado a ti, possas, em casa, uma vez por semana em sete noites, ter Jesus contigo”.
(Extraído do Informativo Espírita “O Verbo” de Aracaju-SE)
Postagem mais recente Postagem mais antiga