A mãe, sou eu. Então eu sei o que é melhor.


Entre as muitas coisas que estou aprendendo na vida, é que não posso criar meu filhos numa redoma de vidro, isolando-os do mundo, daquilo que acontece na realidade. 

Vejo que é comum encontrar pessoas alienadas e desinformadas, sem o minimo de conhecimento dos acontecimentos, pelo simples fato de manterem-se distantes dos meios de comunicação (radio, tv, revistas e jornais).

Será certo, priva meus filhos de ver tv, por causa dos comerciais, ou deixar de ler uma revista, por possuir mais publicidade que conteúdo de boa leitura?

Pensei muito sobre isso depois de ver alguns compartilhamento do Infância Livre de Consumismo no FACEBOOK, confesso que assustei-me, parece um caça as bruxa da publicidade. No inicio até simpatizei-me pela causa, afinal há abusos, e quem deve saber o que melhor para os filhos são os país. E não é um comercial que deve dizer o que podemos ou não consumir, ler, fazer e por ai vai. Pois bem, a campanha Infância Livre de Consumismo está fazendo o mesmo que a publicidade da tv e jornais fazem: propondo o que melhor para oferecer aos nossos filhos.


Pelo exemplo acima, fica claro que eles estão também  opinando o que é melhor para nosso filhos, tal qual os comerciais de TV.

Não vi ate agora, o pessoal do Infância Livre de Consumismo criticar algumas mãe blogueiras, que vivem fazendo publicidade oculta em seus texto. Tipo: testei tal produto, empresa tal me enviou tal presentinho e aprovei, como se fosse dica de amiga.


Se há erros e abusos na publicidade que sejam punidos pelo Conar e pleo Código de Defesa do Consumidor. O que não dá é criticar uma coisa oferecendo outra da mesma forma. E que fique bem claro que a Liberdade de Expressão de expressão (pessoal ou comercial) é garantido pela Constituição, está  no Artigo Quinto, que abre o Capitulo I que fala dos direitos e deveres individuais e coletivos .
Postagem mais recente Postagem mais antiga

5 comentários:

  1. Hoje meus filhos são adolescentes, mas quando eram pequenos sempre ensinei que nem tudo se pode ter, acho que é meio por aí que temos que seguir.

    Confesso que eu já cheguei a fazer algumas coleções (tipo brinquedos de fast food) pra eles, na verdade eram pra mim, rsrs

    Mas acho que isso toda mãe passa.

    Nunca os proibi de assistirem tv, internet nada, e acho que tem que saber dosar sempre, explicando que nem tudo é possivel.

    Beijos
    Jack
    www.meucantinhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Li.. Eu concordo com a Jacqueline..
    Proibir jamais,, porque se não ve em casa na rua, na casa de um colega vão ver.. o que temos que fazer é explicar que nem tudo o que eles veem por aí precisamos comprar.. nunca proibi as formiguinhas de nada também, sempre conversamos muito e elas cresceram aceitando muito bem o "não"..
    Como você disse no início do post, criar uma criança nos dias de hoje privando das notícias e informações pode criar crianças e adolescentes mal informados..


    Um beijo minha linda e uma noite mais que especial viu?

    ResponderExcluir
  3. Assunto polemico esse sobre a publicidade infantil. Uma coisa é certá esta demais.

    ResponderExcluir
  4. Deixei em minha nova postagem um selo de qualidade quanto a seu trabalho aqui no Blog. Não deixe de passar lá e pegar o seu e repassar adiante da mesma forma.

    Grato.

    http://5n3v35.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oiii, tdo beem?
    adoreii seu blog, muiito lindo
    de verdade!!!
    se puder...
    Visite Meu Blog, nele eu falo de tendência de Moda, novidades de Cabelo, Unhas e Maquiagem
    que mulher não gosta de dicas para cada dia ficar mais linda, não é mesmo?
    Espero qi visite e Goste!

    Desde já, Muiito Obrigado
    Daanih Malvas ;*

    * BLOG: http://danihmalvas.blogspot.com.br/
    FAN PAGE: https://www.facebook.com/Daanih.Maalvas
    TWITTER: https://twitter.com/danih_malvas
    YOUTUBE: http://www.youtube.com/user/Danitiele?feature=mhee

    **SEGUINDO SEU BLOG, SEGUE MEU TAMBÉM **

    ResponderExcluir