Meu nome é curiosidade...?


Mês de outubro lembro quando era criança, esse mês tinha uma magia igual ao mês de Natal. Afinal tínhamos uma semana só para nós, sem dever de casa, só brincadeiras.

Meu nome é Curiosidade.
Moro com os meus pais.
Na verdade, eles é que moram comigo.
Eles e os animais. As árvores. Os sons. Os rios. 
As coisas e as não coisas.
Tudo mora aqui.
Com os meus bracos, que esticam o quanto eu quero, 
eu posso tocar tudo o que vejo. 
E, o que eu não consigo enxergar, eu sinto. 
E ai, toco.
Meus pés são os maiores pés que qualquer um já viu. 
E, ao mesmo tempo, cabem nas menores meias que existem.
E, se não existirem, por algum motivo, meias tão pequenas, 
eu mando abrir as fábricas para que elas produzam milhares 
de pares, de todas as cores.
Aqui e onde eu imagino, porque posso imaginar.
E aprendo a aprender.
Faço todos os anos que quero sem ter que me desfazer 
de nenhum dos anos que tenho.
Fui e voltei de todos os lugares que ainda não conheci.
E entendi que aqui as regras são outras.
É possível mergulhar no céu e voar no mar.
Desenhar com as palavras e escrever com os desenhos.
Porque aqui é um lugar onde viver e o mesmo que sonhar.
E o sonho e um dever de casa que tem que ser entregue 
todos os dias.
Aqui neste mundo só entra quem a gente quiser.
E e por isso que todo mundo está aqui.
Quanto mais, melhor.
Porque essa historia tem inicio. 
Mas nunca vai ter fim.


Texto do Canal Gloob
Postagem mais recente Postagem mais antiga

0 comentários. Clique aqui para comentar.:

Postar um comentário